Depois que a cidade de Wuhan entrou em estado de bloqueio ontem, a Xiaomi anunciou assistência emergencial no valor de cerca de 44 mil dolares para a cidade.

A Xiaomi revelou por meio da sua conta oficial no Weibo que a empresa enviou o primeiro lote de suprimentos médicos para Wuhan, que inclui máscaras e termômetros. Espera-se que os equipamentos cheguem hoje à sede de prevenção e controle de epidemias de Wuhan. A empresa acrescentou que está monitorando o status da epidemia e continuará alocando recursos para ajudar a cidade.